1 de jan de 2014

GOIABADA COMO ISCA - MAIS UMA DICA TAMBALUKO



De Setembro à Abril, é a melhor época para pescaria em pesqueiros, e os peixes ficam ativos demais. Aproveite agora que chegou a hora de fisgarmos os grandes redondos. Atualmente os peixes existentes nos lagos dos inúmeros pesqueiros e pesque-pagues do Brasil, têm a sua disposição um cardápio amplo e variado de iscas, além é claro de se alimentarem da ração fornecida pelo próprio pesqueiro.



Foi-se o tempo, em que os peixes só tinham minhocas no cardápio, e acredite, eles estão com o paladar cada vez mais refinado!! Nessa edição, seguindo a mesma linha da edição anterior, vamos falar de mais um doce que não pode faltar como isca em suas pescarias. Para nós, essa isca nunca negou boas emoções e sempre nos rendeu ótimos resultados com os redondos, mesmo quando os peixes estão manhosos. 




ENTÃO, VAMOS À GOIABADA!!!  ISSO MESMO!!!
ISCA SIMPLES, MAS EFICAZ !!


Nessa matéria mostraremos as diferenças existentes entre as diversas marcas, como iscá-la no anzol, tipo de anzol que usamos, como fazemos para obter resultados satisfatórios e como montamos o equipamento para longos arremessos, sem perder a isca.



Aproveite à matéria, prepare sua isca e não a deixe faltar em suas pescarias!

***************************************************************************************************************



Existe uma grande variedade de marcas de Goiabadas no mercado. Para a pesca em pesqueiros, após utilizarmos muitas marcas, identificamos que nem todas trazem os mesmos resultados. Isso porque muitas delas, após a exposição ao calor, ou mesmo à sombra, ficam amolecidas, o que dificulta ao pescador iscá-la, arremessá-la e automaticamente oferece maior possibilidade de se perder a fisgada do redondo.


A seguir, listamos as diferenças constatadas na prática.


Identificamos que as Goiabadas mais claras, vendidas em pedaços e embaladas  em isopor são mais rígidas e consistentes. Essas goiabadas, mesmo expostas ao calor (não ao sol), se conservadas à sombra e na embalagem, não perdem a consistência. Por isso, com a isca mais consistente a possibilidade de longos arremessos é maior, além do que, o sucesso na fisgada é mais garantido. Compartilhamos aqui, as duas melhores marcas utilizadas por nós, as que trazem maiores resultados para nossa equipe: a Predilecta e a Lisa, marcas que você encontrará em grandes hipermercados e hortifrutis.


Constatamos também, após diversas pescarias, que essas mesmas marcas entre outras, quando vendidas em qualquer outro tipo de embalagem, não possuem a mesma eficiência e após exposição ao calor, mesmo que na sombra derretem com muita facilidade.

Então, de certa forma, concluímos que o segredo da conservação está na embalagem, talvez porque o plástico esquenta com a temperatura e o isopor por sua característica térmica, mantenha o estado do alimento conservado por mais tempo. Obviamente, o doce menos consistente atrapalha a pescaria, dificultando os longos arremessos e as fisgadas.


Perceba a diferença:





Goiabadas recomendadas:

- as que permanecem consistentes, resistindo melhor às variações de temperatura.

Corte-a em cubos pequenos para facilitar a colocação no anzol. Essa goiabada é mais durinha e proporciona aos pescadores, longos arremessos e fisgadas.


Goiabadas não recomendadas (isso, segundo a opinião do Tambaluko):

- as que ficam muito moles e quando cortadas em pequenos cubos acabam grudando demais. Por isso, torna-se quase impossível iscá-las no anzol, arremessá-las a longas distâncias e automaticamente, a tendência de perder a isca e o peixe é muito maior.



Montagem e acessórios para uma boa pescaria com a Goiabada

- Anzol:

Sugerimos e usamos anzóis pequenos. O famoso Chinu é uma excelente opção, com numeração de 07 a 09 são ideais e suficientes. Os anzóis Chinus da marca Techness Fishing Hooks são excelentes! Existem diversas outras marcas que você encontra no mercado, mas o importante mesmo é usar anzol pequeno e sem farpa.


Separamos algumas fotos dos anzóis utilizados por nossa equipe e fica a dica de como iscar de forma simples, a Goiabada no anzol.



- Bóias:

De preferência, foguete de 65 gramas.

- Chicote:

Linha de 0,40mm, Monofilamento ou Fluorcabono transparente.



Tamanho do Chicote:

Nossa sugestão é pesquisar a profundidade do lago e iniciar a pescaria com um tamanho intermediário. Caso não tenha sucesso, o pescador deve ir alternando de acordo com a sua pescaria, ou seja, reduzindo ou aumentando o tamanho até encontrar a profundidade ideal onde os peixes estão comendo. Como padrão, nossa equipe sempre inicia a pescaria com chicotes de dois a dois metros e meio.



Montagem:
Nas fotos a seguir, mostramos a montagem que é bem simples e facilita os longos arremessos. 




Alguns redondos fisgados pelos Tambalukos usando a Goiabada como isca.







Agora é com você, coloque sua isca no anzol e boa sorte!

Somos adeptos à pesca esportiva, cuidamos e soltamos todos os peixes fisgados.

Não utilizem o alicate de contenção.

“A fotografia é a melhor maneira de levar o peixe para casa”



Boa pescaria a todos!!!!


Compre seus equipamentos e acessórios de pesca com a Buriman Pesca & Camping. Excelentes produtos, preços, variedades e atendimento diferenciado aos clientes.
Rua Domingo de Moraes, 1003 - Vila Mariana - São Paulo - 11-2368-1680 

Patrocinadores:
Buriman Pesca & Camping: www.buriman.com.br
Pesqueiro Cantareira: www.pesqueirocantareira.com.br
Parceiros:
Revista Fishingnews: www.fishingnews.com.br
Pesca, Náutica e Cia: www.pescanauticaecia.com.br
Pesqueiro Meia Três Castelo Branco: www.pesqueiro63.com.br
JRNeto Iscas Artificiais - Excelentes iscas para Tambas: http://www.tambaluko.com.br/2013/07/confira-o-novo-parceiro-tambaluko-e.html
Elastic - Fixe melhor suas iscas no anzol: 11-3936-2661 / 11 3895-4333
Curtam também nossa página no facebook:
Siga-nos pelo Instagram:
http://instagram.com/tambaluko#