13 de mai de 2013

PESQUEIRO 63 CASTELO BRANCO - DIA DE CONFRATERNIZAÇÃO EM UM LOCAL INESQUECÍVEL

No dia 21/04/2013, saímos de São Paulo para mais um dia de pescaria rumo ao Pesqueiro 63 Castelo Branco. Pela primeira vez, decidimos convidar os seguidores do facebook para pescarem conosco e o que era para ser apenas mais um dia de pesca entre amigos, se tornou em um dia inesquecível para todos que estiveram presentes. Não deixe de conferir a matéria completa.



Chegamos ao pesqueiro e tivemos nosso primeiro impacto, logo de cara nos surpreendemos com a beleza do local, em meio a natureza preservada. Fomos recebidos pelo Humberto e sua esposa Thais, proprietários do pesqueiro. Tivemos um bate-papo descontraído, e ficamos encantados com a simpatia do casal que nos apresentou suas instalações e excelentes idéias para um projeto futuro, tudo isso pensando em promover a pesca esportiva de maneira diferenciada. 



Com o céu totalmente azul, o som do vento soprando as folhas das árvores, o brilho do sol misturado à natureza e tudo isso refletido nas águas dos lagos, sentimos que realmente esse dia seria diferente e especial.


O Pesqueiro 63 conta com quatro lagos, sendo dois para prática da pesca esportiva e dois para pesque-pague, onde podemos encontrar uma grande quantidade e variedade de peixes como: Pacús, Tambacús, Tambaquis, Carpas, Pintados, Cacharas e Tilápias.

O lago 01 é utilizado para o pesque-pague e os pescadores tem a opção de fisgar tilápias e pacús, já no lago 02 a prática é da pesca esportiva, onde podemos fisgar grandes Pacús, Tambacús, Tambaquis, Pintados, Cacharas e Carpas.

Lago 01





Lago 02



O Pesqueiro 63 oferece aos seus clientes um ambiente extremamente familiar. Com uma estrutura diferenciada, seus colabores são treinados para oferecer conforto e atendimento de primeira aos pescadores. É um local ideal para relaxar e esquecer todo stress do dia a dia, além de proporcionar as crianças a proximidade com a natureza e com os peixes. Conta também com um playground para diversão dos pequenos.





Arrumamos nossas tralhas e fomos para o lago 02 em busca dos peixes e também para conhecer nossos seguidores do facebook que estavam presentes no local. Foi uma grata surpresa quando nos deparamos com a lateral do lago cercada de amigos que logo nos recepcionaram com muita alegria, foi uma verdadeira festa! Estavam lá, o Wendell Sanches, Reginaldo, Henrique, André, Alex, Ednei, Luizinho, Talita, Itamar e Roberto, o tio do Frango que nos acompanhou durante toda a viagem.




Como a semana foi muito fria, o dia não estava para peixes, mas em meio a tanta descontração e alegria, ninguém estava muito preocupado com isso! Diversão e troca de experiências, foram as máximas do dia!
O Alex que conhecia o local, por ter visitado algumas vezes, deu algumas dicas para a galera e conseguiu fisgar sua Carpa Cabeçuda, foi a primeira farra do dia.
Após algum tempo o Ednei também tirou da água a sua Carpa Cabeçuda e novamente mais uma grande festa e pose para foto com a galera!
Durante o tempo em que estivemos tirando fotos, conversando com os pescadores locais, com a nossa família, a galera aproveitou para trocar idéias com os seguidores e integrantes da nossa equipe. E assim foi nascendo uma grande amizade entre todos. Enquanto isso, os funcionários e proprietários do pesqueiro preparavam o delicioso almoço.

No Pesqueiro 63 Castelo Branco o almoço é realmente diferenciado,  um verdadeiro convite ao pecado da gula! Com uma grande  variedade de saladas e um cardápio de comidas caseiras preparadas pela dona Neci, cozinheira de primeira e que prepara os pratos com muito carinho aos pescadores. 

A comida é aquecida em um fogão à lenha, o que dá um toque especial ao ambiente familiar do pesqueiro. É lógico, frutas da estação de sobremesa, não poderiam faltar! Vai aqui uma dica, o quiabo da dona Neci, é muito bom e a "vaca atolada" fez muita gente "enfiar o pé na jaca" e quebrar a dieta!!



No grande salão de refeições, nos reunimos com familiares, seguidores e amigos para o almoço, e mais uma  vez, foi aquela festa!... A fila estava grande, é claro que todos queriam saborear a apetitosa comida! Hummmm! Estas fotos dão até água na boca...  



Passamos pelas mesas para registrar essa união e interatividade entre os pescadores.   Estavam todos felizes, satisfeitos e muito ocupados em saborear a comida deliciosa do pesqueiro!



Enquanto todos estavam curtindo o dia lindo e familiar no pesqueiro, a proprietária Thais, com a mesma gentileza com a qual nos recebeu, se prontificou a passar entre os pescadores para anotar seus dados para o sorteio de brindes que aconteceria às 16:00 horas. 
Enquanto isso, começamos a organizar os brindes para o sorteio e não poderíamos deixar de agradecer pela parceria da NewFish Artigos de Pesca que nos forneceu diversos produtos para esse momento especial.



Sorteamos diversos brindes para as 32 fichas que foram preenchidas no decorrer do dia. Abrimos o sorteio com algumas palavras do Tambaluko Bino, que agradeceu ao Humberto e Thais pela receptividade e por terem aberto as portas do Pesqueiro 63 Castelo Branco para esse dia de confraternização e também a todos que se locomoveram para passar este dia conosco.

























Em seguida, o Humberto, proprietário, que trabalha no ramo há doze anos e faz parte da Federação Paulista de Pesca, resumiu suas idéias e ideais. Comentou que há quatro meses assumiu o Pesqueiro 63 Castelo Branco na intenção de aprender mais sobre a prática de pesque-pague. Escrevendo matérias para revista de pesca, percebeu que sentia algumas dificuldades e que deveria tratar os pescadores como realmente mereciam ser tratados, ou seja, prestando um ótimo atendimento, dando dicas e criando uma estrutura familiar. E podemos constatar que é isso o que ele vem fazendo em seu pesqueiro, oferecendo aos seus clientes total infra-estrutura e atendimento de qualidade. Em seus projetos futuros, ressaltamos a inciativa de promover oficinas para adultos e crianças, tudo isso pensando em incentivar a pesca esportiva e a preservação ambiental. 

Entre as 32 fichas preenchidas, sorteamos onze brindes para os pescadores que estavam no pesqueiro. Conheçam os ganhadores:














































Era nítido no semblante de todos, a satisfação e alegria em estar participando desse evento e no final todos ganharam, senão brindes, mas um dia inesquecível, de uma união incrível! Criamos uma grande família e um grupo único onde todos interagiram e brincaram, foi realmente magnífico!!

























No final, o peixe era somente consequência e todos saíram felizes e satisfeitos com as amizades criadas. O atendimento foi tão diferenciado, que nossa equipe queria mais. Enfim,  Frango, Kendy, Collares e Matheus decidiram retornar ao pesqueiro para mais um dia de pescaria, e aí sim, registraram os grandes peixes que lá habitam. Logo na chegada encontramos os pescadores Maycon, José Ivan e Edvaldo. O Maycon foi o primeiro a engatar um belo Tambacú, utilizando bóia cevadeira com boinha e um palmo de chicote com ração na pinga, um detalhe importante, com anzol prateado que segundo eles,  acostumados a pescar no 63, é uma excelente opção.


Na sequência, o Frango armou uma vara com pão de fundo e fisgou essa bela Carpa Cabeçuda.


























Esse dia estava para peixes!! Saíram vários Tambas, um atrás do outro e olha o Maycon aí de novo...









































... mais Tambas comendo na superfície, e como eram grandes os meninos!!















































José Ivan, conhecido pelos pescadores como "Zé do Tamba", engatou um grande peixe que estourou sua linha e após algum tempo, a bóia que estava perdida, enroscou na linha do Frango que travou uma grande briga, mas conseguiu tirar o peixe do Zé! Foi emprestado, mas valeu, e olha o tamanho do tamba!























Todos esses motivos já seriam suficientes para uma visita ao pesqueiro, mas além disso, em conversa com a Thais, recebemos a informação de que é comum a presença de esquilos, gambás, macacos, entre outros animais e aves nas redondezas do lago, em meio a mata preservada. Um outro atrativo são as trilhas, onde grupos experientes se organizam para  longas caminhadas, que no final presenteiam aos participantes com lindas cachoeiras. Mas é importante ressaltar que para fazer essas trilhas, é necessário a utilização de equipamentos especiais, muito preparo físico, e acompanhamento de um guia que conheça muito bem o local, então muito cuidado! Para fazer essas trilhas é preciso marcar com antecedência e para maiores informações entrem em contato com o pesqueiro.

Olha quem apareceu no pesqueiro e posou para a foto da Thais!! Um gambá e ainda bem que foto não tem cheiro, ufa.......

Separamos algumas fotos de arquivo do Pesqueiro 63 Castelo Branco, para que nossos leitores conheçam a variedade de peixes existentes no local.


Para finalizar, gostaríamos de agradecer a todos que estiveram presentes e proporcionaram esse dia familiar, de muita confraternização e que ficará registrado na lembrança de todos. Em especial, agradecemos ao casal Humberto e Thais por toda atenção, hospitalidade e pela credibilidade depositada aos Tambalukos. Nosso obrigado aos colaboradores do pesqueiro pelo atendimento de primeira qualidade fornecido aos clientes.

A partir de hoje, somos parceiros e clientes do Pesqueiro 63 Castelo Branco que realmente nos conquistou.

Não deixem de conhecer e pescar com sua família nesse lindo local.


Pesqueiro 63.
Rodovia Presidente Castelo Branco, Km 63
Itú - São Paulo
Tel: (11) 7934 5177

Estrutura:
- 4 lagos ( sendo 2 para o pesque e pague que custa R$ 5,00 e mais 2 lagos para a pesca esportiva que custa R$ 15,00)
* acompanhantes não pagam
- Parquinho para as crianças
- Restaurante com fogão a lenha e lanchonete
Preços sujeitos a alterações e de acordo com as regras e normas do pesqueiro.